"Moro em São Gonçalo, gosto de niterói..."

9.4.10 Read Comment
É uma lástima o que está acontecendo por aqui (RJ)! Vocês devem ter visto pela tv, enúmeras vezes sobre as catástrofes causadas pela chuva. Olha, não foi pouca chuva não... Desde segunda-feira à noite até hoje de manhã (e deve chover mais) a chuva não deu tregua! Eu que amo chuva, chego a ficar desanimada... Pois é triste ver o lugar que a gente ama, pessoas que poderiam ser conhecidos seu estarem nesta situação.
Peço encarecidamente, que se perto de onde você mora estiverem arrecadando roupas, alimentos, etc, ajude quem precisa. Que seja pouca coisa... Há pessoas lá que perderam tudo.
É isso galera. Eu sumi essa  semana porque com essa chuva minha internet estava fora do ar, como é via rádio eu não pude fazer nada.
Obrigada por estarem por aqui. Quando der, tô de volta.
Beijos e ALOHA!
Acima - Alcântara/SG debaixo dágua.
Supermercado atacadista e loja de móveis perdem tudo.
Acima - Colubandê/SG debaixo dágua.
Valão transborda deixando condomínio de
casas e prédios debaixo dágua.
Acima - Morro do bumba/Niterói,
deslize de terra. Casas foram construídas
sobre um lixão desativado há 30 anos. A areia
negra é lixo desintegrado; fede a xorume.

Até o momento, totalizaram 184 mortes no RJ.

2 comentários:

Fernanda Fernandes at: 9 de abril de 2010 17:13 disse...

OI querida ,estou muito triste com toda esta tragédia...menina que horror...mas rezar para que aos poucos a vida entra de novo nos trilhos...Aqui em MINAS EM janeiro sempre tem estas tragédias...este ano não teve mas foi para aí e SP!!VAMOS REZAR!!!BJOS!!
ah,estou no blog da soll entra lá http://sollartes.blogspot.com/

Enrique Coimbra at: 10 de abril de 2010 09:04 disse...

Eu fico um pouco triste pelas crianças que não têm escolha, se não morar com seus pais estúpidos e pobres. Acho que é por causa deles, por construirem em locais de perigo, que isso tudo aconteceu. Só que a culpa é do governo também, por não construir um país mais preparado financeiramente, podendo dar moradia e condições para que casam sejam construídas ou compradas em locais seguros. Só que, mais uma vez, a culpa é do povo, que se acomoda, com sua cabeça do tamanho de uma ervilha, e não luta pelos próprios direitos, que ao invés de protestar e gritar, fazem baderna quando chovem e dizem que perdem tudo o que nunca tiveram. Eu fico mais triste por isso, pelo povo não saber que são tão mais fortes do que qualquer governo. São mantidos na ignorância segura de um deslizamento de terra, barro, cocô e lama.

 

© 2010 Meu velho mundo novo.Blogger Template by dzignine